quarta-feira, 14 de maio de 2008

O que faz você feliz?

Ser feliz? Estar feliz? O que é felicidade? O que faz você feliz? Há pessoas que têm tudo, pessoas despossuídas que possuem a essência, a razão da existência de um sorriso. Existem pessoas fisicamente ricas, desesperadas à procura de um motivo que lhes faça brilharem os olhos.

Parafraseando o poeta, temos razões que a própria razão desconhece, fazendo de nós seres mutantes em busca de nossa própria razão. A felicidade, este estado de espírito totalmente indecifrável pelas palavras e perfeitamente compreensível pelos sentimentos, é algo efêmero que move nossas conquistas e desejos, nossas buscas mais íntimas por aquilo que não sabemos dizer, mas que nos acompanha em nossa jornada.

Felicidade se resume, externamente, em um sorriso. Por complexo se demonstra por lágrimas, arrepios, sensações múltiplas de bem estar íntimo que se fazem transbordar, deixando ao mundo a expressão de seres em sintonia com o ambiente, em conjunção com os cenários e personagens das histórias que eles integram.

O que me faz feliz, ou o que causa a sensação de que estou completo, mesmo por alguns instantes. Alguns fios de cabelo esvoaçando ao vento, um sorriso já conhecido, cenários incrivelmente belos, obras do mais delicado artista, ou situações e coisas jamais sentidas ou presenciadas, mas que têm o dom de nos desprover de nossas armas; defesas contra aquilo que, ainda, não nos permitimos conhecer.

Felicidade, ser feliz, permitir-se. É preciso que nos permitamos, para saber entender que somos o que somos, e na simplicidade mora tudo, inclusive, nós mesmos. Sejamos felizes, tal qual gostaríamos que fôssemos, respeitando-nos a nós mesmos. O que faz você feliz? Deixe de buscar respostas e sinta, porque os sentimentos, para serem compreendidos, necessitam serem sentidos. Pergunte ao amor.

Nenhum comentário: