Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2009

Crenças

Falo por mim mesmo quanto ao que aqui seguirá, sem uma busca tola por concordâncias ou aceitações. Concordo em total amplitude com a idéia de que é impossível agradar a todos, no que alguns, além de discordarem, se colocam em posições ridículas de convencimento alheio, sem refletir sobre o fato de que, na posição de razão mais ampla, deveríamos nos estimular ao pensamento, pois é muito mais útil ao ser humano criar idéias do que simplesmente assimilá-las. Somos hoje copiadores do que nos passam; glutões de coisas incompreensíveis, mas que nos satisfazem a ignorância. Assim nasci, em meio à idéia de que é preciso ir à igreja porque todos vão ou, pior ainda, porque alguém incrustou a idéia simples, sem explicações, de que não ir seria pecado. Confesso, mais à vontade aqui do que junto ao suposto representante do senhor, que assim cresci, conhecendo as missas católicas, os templos "Sei-sho-noe-i" (espero que o google não tenha mentido quanto à escrita), seminários católicos, r

Vícios

Tirei recesso, fiquei atoa, adormeci as letras, mas não parei de pensar. Neste jeito contínuo de se viver, em que até nos sonhos somos atormentados por nós mesmos, as reflexões são ininterruptas. Continuo com meu auto-exercício de lapidação de mim mesmo, correndo atrás da perfeição que ainda não tenho, e cujo alcance minha consciência já deixou claro que será fruto de uma longa jornada. Tenho lutado contra meus vícios; pequenos, grandes, ou grandes demais em sua pequenes. São diversos os problemas que ainda precisam de solução, mas que já possuem o caminho adequado, bastando apenas convencer-se de que é possível. Alguém um dia escreveu: "Não sabendo que era impossível, foi e fez". Não me recordo o autor, mas fico pensando que seria melhor mesmo sermos ignorantes em tudo, principalmente sobre as limitações. O que mais nos impede de conseguirmos alcançar algo é o nosso conhecimento sobre as dificuldades. Isso é algo complicado, porque vários de nós, e me incluo aqui, fomos cr