sábado, 7 de maio de 2011

Feliz dia da nova mamãe

Feliz dia das mães, para todas as mães, inclusive a minha, claro. Mas esse é mais do que especial, e mesmo para a minha será diferente. Eu sempre passei esse dia sob a ótica do filho, agradecendo pela oportunidade de ter vindo a esse mundo maluco, onde a gente ri e chora, dia após dia. Sempre fiquei feliz sim por esse dia, mas acho que, nessa onda capitalista de calendários consumistas, era mais um protocolo do que uma comemoração.

Calma, explico-me! Não quero dizer com isso que nunca foi especial, muito pelo contrário, mas eu sempre tratei a minha mãe como especial, então um dia a mais, um a menos, era apenas parte do cotidiano, assim como acho que o aniversário é um dia como outro qualquer, mas que nos lembra que mais um ano se vai, e mais um se vem.

Nesse ano, além do dia comum, vem um dia de memórias; para ser lembrado no futuro. No ventre daquela que escolhi para a eternidade, com quem tantas vitórias já dividi, descansa um nenemzim que virá de presente, talvez no natal, talvez um pouco antes. E por isso é diferente, como talvez tenha sido diferente há mais de trinta anos, e passou então a ser um dia de se lembrar aquele dia.

Ele, ou ela, não veio ainda. Muitos me perguntam se prefiro que seja menino ou menina, e hoje entendo que quando mudamos de lado, a sensação muda. Se quando criança, na vinda da irmã que hoje já até se casou, ficávamos naquela expectativa, cada um querendo o sexo, hoje isso não importa tanto mais. Hoje, não mais como palpiteiro, mas como pai ansioso, rezo todos os dias apenas para que seja saudável, e que nos abençoe com uma presença iluminada.

Nesse novo dias das mães, meio que também me comemoro como novo pai, ainda na espera, mas já no sentimento. Comemoro, junto com você, meu amor, que vem aprendendo a compartilhar as coisas comigo, a sua vida, e agora a vida do nosso filho, da nossa filha, dos nossos filhos. Esse é o primeiro nenem, mas já me deixa cheio de orgulho, cheio de felicidade, cheio de certezas, quanto às dúvidas que um dia se fizeram presentes em mim.

Fiz a escolha certa, deixando as escolhas erradas para trás. Sabes o quanto te amo, e o quanto estou feliz por esse seu dia, novo, nova mãe. Desejo-lhe meu amor, felicidades, saúde, alegrias tantas quanto jamais imaginou, e quero compartilhar contigo desse sentimento que carrega no ventre, presente daquele que nos colocou nesse mundo para mais uma oportunidade de sermos melhores, por nós mesmos, ajudando-nos.

Beijos carinhosos do seu marido, do pai dos seus filhos, do seu eterno companheiro. Feliz dia das mamães.

Nenhum comentário: