sexta-feira, 4 de janeiro de 2008

Conflitos

Faça-se entender e entenda os outros, esta é a chave do sucesso em tudo. Seria simples, se fôssemos todos iguais, mas não é o caso. Metamorfoses ambulantes, como diria Raul, somos imprevisíveis em tudo, por mais que nossas atitudes sejam calculáveis. Não se trata de matemática, mas de comportamento, psicologia, idéias que vão e vêm e que, em determinados momentos, nos levam a atitudes diferentes.

Faça-se entender, pelas palavras, pelos gestos e pelas atitudes, porque isto fará toda a diferença. Mas é bom analisar, que não adianta ser, mas é preciso ser o tempo inteiro, evitando contradições. De qualquer forma, se formos atentos, perceberemos que as contradições simplesmente não existem, sendo apenas um erro de juízo inicial.

Somos bem constantes no que somos, isto é um fato. Por mais complexos que sejamos, carregamos conosco nossa essência, cuja alteração requer tempo e muito trabalho. Tal qual uma mudança externa ocasionada por uma roupa, que não altera as características de seu manequim, nos mostramos ao mundo tal qual ele nos pede, em situações distintas, diferentes do que realmente somos em muitos casos, porque é difícil ser como se é ou porque o mundo simplesmente não nos quer como somos; mas a essência não se altera.

Conflitos, externos e internos, e é difícil entender que não somos perfeitos ainda, como alguns nos criaram para ser, e que a perfeição exige tempo e muito trabalho. Os conflitos, as discussões, os erros de julgamentos, acontecem porque ainda não conseguimos entender que não entendemos tudo e que nem tudo o que nos parece de tal forma realmente é, pois passa pelas lentes disformes do nosso próprio juízo.

Conflitos devem ser evitados? Apenas o seu excesso, porque reflexões, pensamentos, tentativas de entendimento individual ou mútuo, são o caminho mais longo e proveitoso de um desenvolvimento necessário. Ser ou não ser? Não há questão. Apenas seja, entendendo que ainda falta lapidar um pouco do ser, para que haja a existência completa, e não existam mais conflitos.

Um comentário:

Larissa Almeida disse...

.. conflitos.. apenas desafios!
Te adoro, Bjo!