sábado, 28 de julho de 2007

Ressaca

Sim, ressaca! Porque não é só de momentos bons que vive o homem e as vezes a gente abusa um pouco. Fico aqui me perguntando porque ainda bebo, sabendo do resultado, e minha consciência continua a me responder: "Whiskey demais para quem anda bebendo de menos".

Ainda não consegui cortar de todo o álcool, mas estou caminhando, vamos ver. De qualquer forma, aproveitando este momento ruim como inspiração, vejo que errar é normal, o que me consola em partes, mas a gente já sabe antes de errar que está prestes a errar, e isto não é algo muito inteligente.

A ressaca é algo que nos faz aprender, tanto que tem variações. Ressaca de álcool mesmo, ressaca de comida, ressaca......ressaca moral. Esta última acaba se fazendo presente na maior parte das outras e, principalmente, quando nossa consciência nos acusa de algum erro que é condenado pela sociedade.

São tantos que nem cabe listá-los aqui, mas a novela da Globo anda encenando alguns, por nomes de sete pecados. A gente nem sempre se preocupa com nossos erros, até que eles nos causem algum incômodo, porque a dor que dói no outro não nos atrapalha tanto. E aí dá pra gente se lembrar do prego na madeira que, quando retirado, deixa marcas.

As marcas.......bom, vou curtir o resto das minhas na ressaca, refletindo sobre as outras que deixei por aí. A quem tenha alguma minha, foi mal!

Nenhum comentário: